Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 1 de março de 2016

"Amor entre Guerras" de Sofia Ferros

Lê-se tão bem este livro! Uma leitura que se apanha à primeira, muito rapidamente, e com a qual existe um envolvimento quase instantâneo. Os personagens são cativantes, a pesquisa dos dados históricos que transparece no livro está bem enquadrada na história e o enredo contagia.

Com um periodo alargado, que vai desde antes da Primeira Guerra até ao começo da Segunda, intercala com mestria situações ficcionadas com factos históricos. Com isso desperta no leitor um interesse pela História de França, Inglaterra, Portugal e Moçambique dessa época.

Deixo aqui um recado à Sofia, com a qual troquei alguns e-mails aquando da sua participação na rúbrica Ao Domingo com... (podem lê-la aqui!): tem absolutamente de continuar a história! Fiquei literalmente a olhar para o ponto de interrogação com que finaliza a sua última frase e só pensava, "Não acredito!, não acredito que isto acaba assim! Agarre na caneta pf (ou no teclado, tanto faz!) e responda à questão colocada e continue a história noutro livro... Ficaram tantas coisas por contar e que o leitor quer saber! Teria pegado imediatamente nessa leitura, se já existisse continuação, porque fiquei verdadeiramente apaixonada pelos personagens. Gostava de saber como enfrentaram eles a II Guerra, depois de terem sofrido horrores com a Primeira...

Terminado em 27 de Fevereiro de 2016

Estrelas: 5*

Sinopse

Quando a Alemanha declara guerra a Portugal em 1916, Miguel Vieira, um jovem médico do Porto, voluntaria-se para integrar o Corpo Expedicionário Português e parte para a frente de combate, na Flandres. Encontra-se nas trincheiras aquando do ataque devastador dos alemães às tropas portuguesas, naquela que ficará conhecida como a Batalha de La Lys. Como responsável pelo Posto de Socorro Avançado, é chamado a tomar decisões dramáticas, uma das quais envolve o seu melhor amigo. Será, de resto, por causa dele que, num castelo transformado em hospital de guerra, conhece e se apaixona por Alexandrine Roussel, uma francesa de espírito indomável que tem a ambição de se tornar médica e trava uma luta sem tréguas pela emancipação das mulheres e pela liberdade.
Terminado o conflito, Miguel e Alexandrine casam-se e vivem, em Paris, um ambiente de euforia e contestação. Mas eis que chega o momento de o médico aceitar um desafio profissional na exótica Lourenço Marques, onde a família se estabelecerá durante longos anos. À passagem por Lisboa, Alexandrine sofrerá, porém, um acidente que mudará as suas vidas para sempre.
Amor entre Guerras, que se baseia na história dos bisavós maternos da autora, é um romance fascinante sobre uma família entre 1916 e as vésperas da Segunda Guerra Mundial, oferecendo-se ainda como relato das convulsões que o mundo atravessou na época e como testemunho da vida quotidiana em Moçambique.

1 comentário:

  1. Faço minhas as suas palavras sobre o livro da Sofia. É um livro bem escrito de forma global! Agarra o leitor e deixa saudades!!!

    ResponderEliminar