Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

"A Imperatriz da Lua Brilhante" de Weina Dai Randel

Este livro foi amor à primeira vista! Como sabia eu que ia ser uma leitura fluída, rápida e ao mesmo tempo apaixonante? Pois, não sei explicar! Soube-o logo, mal lhe coloquei a vista em cima. A capa é atraente, de cores quentes, a sinopse prometia. Recebi-o só no sábado porque uma vizinha tinha-mo guardado e só entāo mo fora levar e, por nāo contar receber mais nada a semana passada, foi uma surpresa e tanto! 

A primeira frase cativou-me de imediato. O tom intimista que a escrita na primeira pessoa confere ao livro, fez com que ficasse fortemente presa ao enredo e me mantivesse assim até ao final. O tema e todo o ambiente de uma China imperial, profundamente descrita em todas as suas tradiçōes, ajudaram a manter a minha atençāo e deleite. E começa assim: "No dia em que o meu futuro foi previsto tinha apenas cinco anos." É a própria Mei que nos relata como começou toda esta aventura que foi a sua vida, desde os seus cinco anos até se tornar imperatriz.

Baseado nalguns factos verídicos e noutros provenientes da imaginaçāo da autora, somos catapultados para sítios e costumes tāo diferentes dos nossos que ficamos literalmente pregados às letras e à acçāo. Cada palavra, cada frase aumenta o desejo de avançar na leitura. Brilhante. A autora dá-nos a conhecer, através da vida de uma concubina, os meandros da corte chinesa aquando da época de um imperador. A traiçāo, a vingança, a morte, a obediência cega, o medo, mas também o amor mostram-se aqui nas formas mais duras e aviltantes. Das complicadas relaçōes da corte imperial sobressaiam os jogos de poder, as uniōes e amizades interesseiras que, a maior parte das vezes, acabavam em descrédito e em morte.

Adorei! Recomendo sem reservas!

Terminado 7 de Fevereiro de 2017

Estrelas: 6*

Sinopse
No palácio da China imperial, uma concubina aprende rapidamente as várias técnicas para conquistar o coração do imperador, o Único acima de Todos. Mei é convocada aos 13 anos para a corte do palácio na China imperial, uma honra que resgatará a sua família, outrora nobre e influente, da miséria. Porém, ela rapidamente descobre que para se aproximar do imperador e conquistar o seu coração terá de ultrapassar obstáculos perigosos. Como desconhece a arte da sedução, no dia do aniversário do imperador, Mei oferece-lhe um presente singular: uma adivinha.
Porém, quando lhe parecia que estava em posição de seduzir o homem mais poderoso da China, Mei apaixona-se por Faisão, o filho mais novo do imperador. Contudo, uma tentativa de assassinato ao imperador provoca uma luta terrível pelo poder na corte imperial. E Mei terá de se servir das suas excelentes capacidades de inteligência, sabedoria e engenho para escapar e salvar o amor da sua vida.
Nomeado para Melhor Romance Histórico pelo Goodreads Choice Awards 2016, A Imperatriz da Lua Brilhante é um romance baseado na história da Imperatriz Wu Mei, a primeira mulher a governar a China. Weina Dai Randel pinta de forma notável o quadro da China antiga e da corte imperial, em que o amor, a ambição, a intriga e os jogos de poder podem determinar a vida ou a morte.

Para obter mais informações sobre este livro, aceda ao site da Presença aqui.

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário