Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 18 de maio de 2016

"Regressar" de Catherine McKensie

Gosto de livros que me façam esquecer as páginas que possuem. Embrenhada de tal modo na leitura, fico sem saber em que página estou, quantas gostaria de ler nesse dia, quantas me faltam para a meta que me coloco diariamente... Quando isso acontece fico completamente dentro do livro, do enredo, "vejo-me" ao lado dos personagens. E gosto disso. Dessa sensação de não estar aqui mas "lá", de pertencer a esse mundo da história que leio.

Foi com muita facilidade que isso me aconteceu com este romance. A escrita é simples mas acolhedora. A história cativante. Uma vida que é interrompida e que depois custa a recomeçar. Emma sofre com a morte da mãe. Na herança recebe um bilhete para um país africano. Sem perceber porquê cumpre o seu desejo e parte. Seis meses e peripécias depois, regressa, mas já nada está no seu lugar! Como recomeçar com a vida que deixou para trás? Será que é isso que na realidade deseja?

Descontraído mas escrito com profundidade, este romance diverte e, ao mesmo tempo faz pensar, propiciando por isso umas horas de leitura deliciosas.

Terminado em 13 de Maio de 2016

Estrelas: 5*

Sinopse

Quem nunca sonhou poder recomeçar a sua vida? Emma Tupper é uma jovem advogada, prestes a alcançar o sonho de se tornar sócia da sociedade de advogados onde trabalha. Após a morte da mãe, Emma decide desfrutar de uma prenda que esta lhe deixa: uma viagem a África. Mas o que era para ser um mês de férias depressa se transforma em seis meses de ausência forçada, quando Emma adoece e um terrível terramoto a deixa retida e sem contacto com o exterior.Para sua surpresa, quando finalmente regressa a casa, Emma constata que a família e os amigos acreditavam que estava… morta, e que a sua antiga vida desaparecera: o apartamento onde vivia acabara de ser alugado a um novo inquilino, o misterioso Dominic; na sociedade, a sua rival Sophie apossara-se não só dos seus clientes e da sua sala, mas também do seu namorado, Craig.Enquanto tenta resolver o caos em que se transformou a sua vida, Emma questiona-se: Seria feliz antes da viagem a África? Teria valido a pena sacrificar-se tanto em nome do trabalho? Amaria Craig de verdade? Quereria mesmo aquela vida de volta?

Sem comentários:

Enviar um comentário