Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 3 de maio de 2016

"Pura Coincidência" de Renée Knight

Depois de ouvir uma amiga elogiar este livro mais do que uma vez, peguei nele num impulso. Ela tinha-me dito que se lia num ápice e quis confirmar...

Com um enredo que no início pede atenção, ao ponto de escrever num post-it quem era quem, vamos saltitando entre duas vidas distintas e dois espaços de tempo separados entre si por um par de anos. Duas famílias unidas por acontecimentos que vamos descobrindo devagar e que vai sempre mantendo o leitor interessado.

Narrado a duas vozes, a de Catherine e a de Stephen, perfeitos desconhecidos entre si, vamos percebendo o quanto as suas vidas estão inter-ligadas por um acontecimento do passado que Catherine tentou esquecer a vida toda e que Stephen não pode deixar esquecido e quer revelar a todo custo para vingar a sua mulher e filho, ambos já falecidos. A sua sede de vingança cerca Catherine e ela vê a sua vida familiar e profissional desfeitas.

As consequências desse acontecimento, as reacções que as personagens têm, fazem com que a intensidade narrativa aumente a cada página virada, o que prende o leitor completamente. Quando pensamos estar na posse de todos os elementos, surge algo que dá uma reviravolta à história, levando a um volte face na nossa forma de encarar os personagens envolvidos.

Tudo começa quando Catherine recebe em sua casa, misteriosamente, um livro em cuja personagem principal se reconhece. O seu segredo, que ela quis desesperadamente esconder, até de si própria, está ali! O nome da protagonista é diferente mas as situações são idênticas. O "Perfeito Desconhecido", o livro, chegou para infernizar a sua vida, veio para ficar. Por este motivo não posso deixar de elogiar a capa que para além de estar bem conseguida, tem tudo a ver com o enredo desta obra.

Um thriller psicológico intenso, umas personagens bem construídas psicologicamente, várias tentativas (bem conseguidas, aliás!) de dirigir a atenção do leitor para desfechos da história plausíveis mas enganadores, fazem deste livro uma leitura muito excitante e viciante.
Recomento vivamente!

Terminado em 28 de Abril de 2016

Estrelas: 5*

Sinopse

E se de repente se apercebesse de que é o protagonista do aterrador romance que está a ler? Catherine tem uma boa vida: goza de grande sucesso na profissão, é casada e tem um filho. Certa noite, encontra na sua mesa-de-cabeceira um livro de título O perfeito desconhecido.

Sem comentários:

Enviar um comentário