Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

"Uma Mulher de Coragem" de Danielle Steel

O que mais gosto de fazer é experimentar autores novos. Normalmente faço-o segundo alguns critérios, o primeiro dos quais é ter ouvido comentários positivos acerca das suas obras.

Mas também gosto de me desafiar. Porque muitas vezes temos alguns preconceitos acerca de autores que associamos a determinadas correntes de escrita. Já tinha lido Ecos do Passado e gostado muito pelo que estava curiosa com esta leitura. Conto-vos agora o que senti ao ler este livro:

Primeiro, entrei rapidamente na história. A escrita da autora é escorreita, rápida e muito simples o que faz com que as páginas voem.

Depois, páginas houve, senti que o final feliz estava próximo e que os meus piores receios se iriam realizar mas, Danielle Steel soube sempre dar uma reviravolta à história que me agradou. O final fica em aberto, o que me surpreendeu pela positiva e me agradou.

A história decorre um pouco antes da Primeira Guerra e, atravessando-a, conta-nos como Annabelle, uma jovem americana, se ofereceu como voluntária e foi para França para uma hospital perto da linha da frente. Para trás deixa uma sociedade que a ostracisou e a condenou por se ter divorciado, sem saber quais foram os seus motivos. Caracterização da época bem elaborada, com os costumes presentes da alta sociedade de então e também um retrato de como a I Grande Guerra afetou os países envolvidos.

Gostei de ler.

Terminado a 15 de Fevereiro de 2016

Estrelas: 4*+

Sinopse

Uma Inesquecível História de Guerra e Coragem. Annabelle Worthington tem 19 anos e nasceu em berço de ouro, na sociedade de Nova Iorque. Mas tudo se desmoronou com o naufrágio do Titanic. Annabelle torna-se voluntária e ajuda os pobres. Desiludida com o seu primeiro amor, Annabelle foge para França, arrasada pela guerra, e trabalha como enfermeira na guerra, salvando vidas.
Quando a guerra acaba, começa uma nova vida em Paris, agora é médica, casada, mãe e esquece o mundo que deixou para trás. Até que um encontro inesperado a obriga a regressar a Nova Iorque, já uma mulher diferente, e a reconstituir as peças do puzzle que é o seu passado.

1 comentário:

  1. Interessante! Parece ser um bom romance e adoro esta época... nunca li nada desta autora, talvez esteja na altura de experimentar! Obrigada pela sugestão! Boas Leituras!

    ResponderEliminar