Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Ao Domingo com... Antero Ribeiro

Olá, o meu nome é Antero Ribeiro.  Nasci e vivi em Portugal até aos 24 anos, residindo desde então em Moçambique onde trabalho no ensino de Educação Física e Desporto, e como personal trainer, áreas da minha formação superior na universidade do porto.

Ao gosto pelo ensino e atividades desportivas, associo ainda a aventura contínua de viajar pelo mundo, estabelecendo contacto com diferentes culturas e realidades que acredito contribuem inequivocamente para o meu crescimento e valorização pessoal.

A escrita surge como consequência natural de outra grande paixão... a leitura. Desde que tenho memória das minhas memórias, sempre tive um livro como companheiro fiel, os livros como portas e génesis para outros mundos sempre fizeram parte da minha vida, sendo indubitavelmente a minha única dependência e simultaneamente um placebo de efeito imediato.

A publicação através da Chiado Editora de Fragmentos de alma num primeiro momento e agora de Périplo, não são mais nem menos que a materialização de um desejo, do sonho de com as minhas palavras chegar, tocar alguém, deixando uma marca mesmo que ténue nesta existência vertiginosa que nos carateriza. Acredito que a vida é feita de encontros e desencontros, de um marasmo de dias iguais a tantos outros dias, marasmo esse quebrado, pontilhado de momentos por vezes fugazes, mas que deixam recordação indelével...memórias que dão vida à vida. E eu vivo! Vivo em cada verso, em cada estrofe, em cada poema, revejo-me em cada página voltada dos meus livros. São as minhas dores,os meus sonhos, os meus anseios e desejos enchendo páginas em branco. São meus, como poderiam ser, como certamente são, vossos também.

Todos sonhamos, todos amamos, todos nos perdemos e reencontramos neste trilho sinuoso a que chamamos vida...

Agradeço o convite e a oportunidade de me apresentar e divulgar os meus livros, que espero, sejam tão prazerosos de ler, como foram de idealizar e escrever."

Antero Ribeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário