Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

"Vai e Põe Uma Sentinela" de Harper Lee

Tal como muitos leitores, gostei muito de "Por Favor Não Matem a Cotovia". Estava, por essa razão, muito curiosa com esta obra. Curiosa e apreensiva, sobretudo porque um livro que ficou escrito e guardado tantos anos poderia não ter a mesma força narrativa que o primeiro. O primeiro que foi publicado, entenda-se, mas que na realidade foi escrito depois deste, "Vai e Põe Uma Sentinela". Assim, em termos de escrita, este livro como primeira tentativa da autora poderia não possuir a força que tem "Por favor, não Matem...". Não foi o caso, felizmente.

Não fiz esta leitura ao sabor de comparações entre os dois livros. Já não o conseguiria fazer, mesmo se quisesse, porque não me recordo da história com todos os pormenores. São histórias que a meu ver se completam. O "Por favor..." é-nos contado por uma criança, Scout, e aos olhos de uma criança, o pai, Atticus, é um herói. Na realidade, ele comporta-se como tal e defende contra tudo e todos um indivíduo negro numa época em que brancos e negros se confrontam e onde o racismo tem uma alta manifestação de violência.

Em "Vai e Põe Uma Sentinela", Scout é já uma jovem adulta e, numa vinda a casa para passar férias, descobre que o pai não é o tal modelo que imagina. Reage com violência e toda ela entra em convulção. Defende o que lhe foi incutido em criança. Os seus sonhos caem por terra mas crescer é isso mesmo. Saber dar a volta, verificar que as pessoas não possuem só duas cores, preto e branco, e que por vezes mudam. Quem não se lembra de, em criança, achar que os pais sabem sempre tudo e nunca erram? Crescer é admitir que as pessoas são isso mesmo. Pessoas! Que erram e que alteram as suas crenças, para o melhor e para o pior. Scout cresce interiormente com essa descoberta...

Esta personagem, com todo o seu fulgor, contestação e pureza, mantém-se, nos seus traços gerais, idêntica à descrita no Por Favor Não Matem A Cotovia. Sendo a personagem central é a que está mais desenvolvida e à qual o leitor sente uma empatia directa, instantânea, quase física. No entanto, Harper Lee revela-se uma contadora de histórias em todos os sentidos já que é com paixão que os restantes personagens são apresentados por Scout, no desenrolar da história.

A narrativa prende, apaixona o leitor.

Gostei muito deste livro e recomendo-o por isso.

Terminado em 23 de Outubro de 2015

Estrelas 5*

Sinopse

Jean Louise Finch - Scout - a inesquecível heroína de Matar a Cotovia, regressa de Nova Iorque a Maycomb, a sua cidade natal no Alabama, para visitar o pai, Atticus. Decorre o turbulento período de meados de 1950, numa nação dividida em torno das dramáticas questões raciais. É com este pano de fundo que Jean Louise descobre verdades perturbadoras acerca da sua família, da cidade e das pessoas de quem mais gosta, o que a leva a interrogar-se sobre os seus valores e princípios, e a confrontar-se com complexos problemas de ordem pessoal e política.

Vai E Põe Uma Sentinela, romance inédito de Harper Lee, cujo manuscrito se havia perdido mas descoberto em 2014, foi escrito antes de Matar A Cotovia e apresenta-nos muitos dos personagens dessa mítica obra, agora vinte anos mais velhos. Um livro magnífico, comovente e de grande fascínio de um dos maiores vultos da ficção contemporânea.

Harper Lee nasceu em 1926 em Monroeville, no Alabama. Frequentou o Huntingdon College e estudou Direito na Universidade do Alabama. É a autora de Matar a Cotovia, eleito o Melhor Romance do Século pelo Library Journal, em 1999, do qual já foram vendidos mais de 30 milhões de exemplares em todo o mundo. Harper Lee foi distinguida com inúmeros galardões, incluindo o Prémio Pulitzer, em 1961, e a Medalha Presidencial para a Liberdade, em 1999, pelo seu contributo prestado à literatura.

Trailer: https://youtu.be/4vNSVI9sc-g
Para mais informações ver Editorial Presença aqui.

2 comentários:

  1. Ufa... que alívio minha amiga!!! Estava com o mesmo receio que tiveste!!
    Vou comprar este mês e deliciar-me!!!
    Beijinhos!!
    Teresa Carvalho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lê, sem pensares no livro anterior. Aproveita sem comparares. Bj

      Eliminar