Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

"Mistério na Califórnia "de Elizabeth Adler

Este livro, cuja capa romântica não traduz por completo o seu conteúdo, é perfeito para este tempo de férias. Um misto de romance/policial que, muito embora seja de leitura leve, deixa o leitor preso, deixando que as páginas passem rapidamente pelas  mãos. A curiosidade é incentivada pela escrita rápida e repleta de sucessivos acontecimentos que marcam o enredo e que vão cativando sabiamente quem lê.

Não posso dizer que cheguei ao fim sem descobrir o assassino visto que não há grandes reviravoltas mas, mesmo assim, pequenos pormenores, pequenas peças do puzle que faltavam, fizeram com que a minha atenção se mantivesse e que o lesse rapidamente.

Daqueles livros que "sabemos" acabar bem mas que gostamos que assim seja!

Gostei. Achei leve, algo divertido e bom para um dia de praia em que a água gelada nos mantenha na toalha!

Terminado em 25 de Agosto de 2015

Estrelas: 4*

Sinopse

Há um assassino a aterrorizar São Francisco... A vida tranquila de Fen Dexter na costa idílica da Califórnia é interrompida numa noite de tempestade, quando um homem coberto de sangue aparece à sua porta, alegando ter tido um acidente de carro. Diz-lhe que vai a caminho de São Francisco para ajudar a polícia a resolver o homicídio da sua noiva. Incapaz de chegar ao hospital por causa da tempestade, ele passa a noite em casa de Fen, e a atração entre ambos é óbvia. Na manhã seguinte, ele dirige-se ao hospital onde a sobrinha médica de Fen, Vivi, trabalha nas Urgências. Vivi está a tratar o mais recente alvo de um assassino em série cuja assinatura é deixar um bilhete a dizer «Por favor, não contes» colado sobre a boca das suas vítimas. Quando o desconhecido misterioso de Fen vai ter com Vivi para que as suas feridas sejam cosidas, ela concorda em pô-lo a falar com a polícia sobre a sua noiva.Quem é este homem, realmente? O que quer com Fen e a sobrinha? E irão elas viver o suficiente para descobrir a verdade?

Sem comentários:

Enviar um comentário