Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 30 de junho de 2015

A Convidada Escolhe: A Ilha Debaixo do Mar

A Ilha debaixo do mar de Isabel Allende é um romance sobre as revoluções que ocorreram na ilha do Caribe "Hispaniola" no século XVIII, que veio a ser dividida dando lugar à República Dominicana e ao Haiti antes conhecido como Saint Domingue, e sobretudo sobre a escravatura e a opressão dos colonos nesses locais do mundo, factos que levaram à rebelião dos escravos que fez inúmeras vítimas de um lado e de outro.

É um drama que não só aborda com profundidade a escravidão no Caribe, o quotidiano dos escravos, suas condições de vida, os maus tratos nas plantações de açúcar, paixões, inseguranças e medos e mais que tudo a sua luta para alcançar a liberdade, como também se debruça sobre a história da colonização espanhola e francesa em La Hispaniola incluindo as lutas pela independência da parte ocidental.

A protagonista é a escrava Zarité, chamada de Tété, e é através dela que o leitor toma conhecimento do desenrolar da história.

Zarité foi aos nove anos vendida a um fazendeiro rico de Saint- Domingue, no tempo colónia francesa, mas teve a sorte de nunca ter trabalhado nem passado pelo trabalho duro das plantações. Em vez disso, embora não menos desumano, o seu destino foi ser escrava doméstica, obrigada a ser amante de seu dono ao mesmo tempo que servia sua esposa espanhola e criava seu filho Maurice, que cresceu juntamente com Rosette, a filha que teve de seu patrão. Tété é uma mulher bondosa e forte de espírito, que luta para alcançar os seus objetivos por isso se torna protetora dos escravos dando-lhes alento e confiança ao mesmo tempo que se torna confidente de seu amo e dono. Com a guerra civil que entretanto acontece na ilha, é obrigada, junto com Valmorain e os filhos, a fugir para Nova Orléans, ainda colónia espanhola.

Zarité apesar de todas as adversidades alcança o seu sonho de liberdade e concretiza por fim a sua grande história de amor.

Este livro de Isabel Allende, baseado em factos históricos, presenteia o leitor com personagens fortes e bem contextualizadas que tornam a narrativa bastante emocionante.

Maria Fernanda Pinto

Sem comentários:

Enviar um comentário