Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

domingo, 24 de maio de 2015

Ao Domingo com... Inês Guerreiro Relvas

O meu nome é Inês Guerreiro Relvas, sou alentejana, engenheira civil, mãe e, mais recentemente, segundo consta também sou escritora, com um livro publicado chamado "Doidas, doidas, doidas andam as mamãs". Como é que surgiu este livro? Começou com o nascimento da minha filha. Quando ela nasceu comecei a contar as peripécias do meu dia-a-dia como mãe e engenheira na minha página do Facebook. O feedback dos amigos era positivo e isso dava-me cada vez mais confiança para continuar a escrever. Tenho péssima imaginação para escrever ficção mas uma facilidade muito grande para descrever situações banais da rotina duma forma divertida, modéstia à parte. Passados três anos apercebi-me de que já teria material para reunir num livro, tratei de fazê-lo e enviei para a Chiado Editora. Obtive luz verde da parte da editora mas o montante necessário para publicar era muito elevado. Decidi então fazer uma campanha de crowdfunding. Quando percebi que a campanha estava a correr bem lembrei-me de oferecer um eventual lucro resultante da mesma ao Movimento 1 euro, uma associação da qual sou sócia e que ajuda mensalmente a mais votada de três causas colocadas a votação no site da instituição. Com esta iniciativa a dedicação ao projecto ganhou outro ânimo, pois o objectivo passou a ser angariar o maior montante possível para doar, e no final do prazo consegui juntar 600€ que foram entregues à Mum's & Kids. 
Quando comecei a divulgar a minha intenção de publicar o livro, um amigo e ex-colega de curso teve uma ideia fantástica de criar uma música baseada na "Doidas, doidas, doidas andam as galinhas" mas com a letra adaptada às mamãs. Escrevi a letra, ele cantou e tocou e na altura fez um vídeo que partilhei no Facebook. Quando chegou a altura de apresentar o livro convidei o meu amigo para cantar e tocar ao vivo a canção "Doidas, doidas, doidas andam as mamãs", convite esse que ele aceitou, tendo acabado por dar um concerto para bebés e crianças que terminou com essa mesma música e a minha inesperada participação, no Cineteatro Grandolense.
Depois de tudo isto, que se passou durante a gravidez do meu segundo filho, passei à fase de divulgação do livro, propriamente dita. Contactei bibliotecas, livrarias, televisões, jornais... à conta desse esforço consegui algumas vitórias: fui entrevistada para a SIC, entrevista essa que pode ser vista aqui: http://youtu.be/3XJVHKNCTpw e o Professor Marcelo Rebelo de Sousa também já apresentou o meu livro na rubrica semanal (minuto 37 deste video http://www.tvi.iol.pt/programa/comentarios-marcelo-rebelo-de-sousa/4529/videos/128762/video/14273069/1 ).
E desenganem-se os que pensam que este é um livro só para mamãs! Conheço várias pessoas que já leram e gostaram muito e que não são pais nem mães. Este livro é quase um diário da minha vida durante os primeiros três anos como mãe e fala de tudo um pouco. Até as greves dos transportes têm direito a aparecer por lá! Tudo o que afectava a minha rotina aparece por lá. É um livro despretensioso, descontraído, divertido. Também já houve quem lesse e chorasse, mas de emoção. Confesso que há alturas em que os textos se tornam lamechas e depois quem lê, por vezes, pode acabar por emocionar-se. Contudo, a minha intenção é provocar gargalhadas, não choro!  
Quem tiver curiosidade em relação à minha escrita pode seguir a minha página de facebook www.facebook.com/doidasdoidasdoidas onde tenho continuado a escrever os meus desabafos e de onde, mais cedo ou mais tarde, há-de surgir o segundo volume do livro, certamente.
Resta-me agradecer esta oportunidade de divulgar o meu trabalho.
Muito obrigada!

Inês Guerreiro Relvas

Sem comentários:

Enviar um comentário