Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 9 de julho de 2014

"Seres Mágicos em Portugal" de Vanessa Fidalgo

Já sabem que gosto de variar nas minhas leituras! Tinha este livro da Vanessa já há algum tempo na minha estante e achei que era o momento ideal para depois intercalar com romances mais leves de verão. Fiquei curiosa com este livro só de olhar para a sua capa e título. Quem não ouviu já falar de seres mirabolantes e de histórias de arrepiar? Histórias contadas pelos mais velhos, que tinham um forte impacto nas nossas cabecinhas enquanto crianças? Contadas ao anoitecer ou em noites de tempestade eram um bom começo para uma noite de insónia, pois ouviamos barulhos esquisitos que nos faziam tapar imediatamente com o lençol!

Desmistificar e chegar à raiz destas histórias, agrupá-las segundo os tipos de seres fantásticos deve ter sido um trabalho fascinante e enriquecedor. Muitas delas passaram oralmente de pais para filhos e já sabem que quem conta um conto, acrescenta um ponto! Lendas, fábulas e contos de lobisomens, duendes, e trasgos, gigantes, demónios, olharapos, sereias e monstros marinhos, bruxas e feiticeiras, mouras e fadas e meninas encantadas tudo se encontra aqui um pouco...

Um livro para ter na mesinha de cabeceira e que se pode ir lendo, intercalando até com outras histórias, apreciando todo um manancial de uma tradição oral tão rica como é a do nosso país! Uma delícia para saborear devagar! Recomendo, sobretudo para quem estes temas despertam 
curiosidade.

Terminado em 4 de Julho de 2014

Estrelas: 5*

Sinopse

Dona Adelina conta-nos a história do lobisomem que na freguesia da Bemposta corria ruas pela noite fora estragando o pão que cozia de madrugada nos fornos e assustando os mais novos e indefesos. Na ilha do Pico, Açores, o dia 2 de fevereiro de cada ano era dia para ficar em casa. Homens, mulheres e crianças trancavam-se a sete chaves e protegiam-se comendo alhos. Lá fora os labregos, uma espécie de duendes, saíam das águas salgadas do mar para nos próximos meses viverem escondidos nos matos verdejantes da ilha. Nas serras de Arruda dos Vinhos é bem conhecida a história de um gigante terrível, que, de tão grande e violento, aterrorizava as povoações da região. Em Santa Maria, nos Açores, o povo garante que as jovens de cabelo vermelho que ainda hoje por lá moram são descendentes de uma jovem e bela sereia que caiu de amores nos braços do filho de um pescador. Fadas, duendes, gigantes, olharapos, lobisomens, trasgos, sereias entre outras, são algumas das criaturas mágicas que habitam o nosso país, o nosso imaginário e que vai conhecer ao longo das páginas deste livro. Depois dos seus anteriores livros Histórias de um Portugal Assombrado e 101 Lugares para Ter Medo em Portugal, a jornalista Vanessa Fidalgo percorreu o país, de lés-a-lés, visitou bibliotecas locais à descoberta de histórias, ouviu relatos e entrevistou dezenas de pessoas para resgatar a nossa rica tradição oral. O resultado é este original livro onde a imaginação e o fantástico ganham protagonismo, numa história que não consta nos manuais escolares, mas que faz parte do nosso país e das nossas tradições.

Sem comentários:

Enviar um comentário