Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 18 de junho de 2014

"Pecado" de Sylvia Day

Vou começar logo por ser sincera: não creio que esta capa traduza com rigor o conteúdo desta obra. Quem olha para ela pensa: "Lá vem mais um!". O mercado ficou, de um momento para o outro, inundado de livros de cariz erótico mas quem pensa que esta obra é mais uma a juntar às que aí circulam, engana-se. Ē um livro com um conteúdo sexy, sem dúvida, caliente! Porém, reduzi-lo a isso seria lamentável.

É o que eu chamo um romance de época e com várias histórias em paralelo, todas elas com um enredo que prende a atenção do leitor. Viajamos para Inglaterra e somos confrontados com temas como os casamentos combinados, o papel reduzido da mulher na sociedade de autrora e as convenções sociais, os maus tratos e a violência doméstica, a prostituição... Aflora também, ao de leve, a escravatura e a sua relação com a economia de então.

Sinceramente não sei qual das duas partes mais gostei. Estão bem doseadas mas queria ver mais desenvolvido os aspectos focados no parágrafo anterior. Assim, o livro seria um pouquito maior, lol!

Centrando-se na relação de Jessica e Alistair e no passado conturbado de ambos, esta obra lê-se com um prazer crescente. Para quem gosta de um romance picante, sensual, sem extremos nem excessos e de, ao mesmo tempo, saborear um romance de época, este é o livro indicado. Venha o próximo pois este é o primeiro de uma série que a autora tem em maõs.

Terminado em 12 de Junho de 2014

Estrelas: 4*+

Sinopse

Numa noite quente de verão, a apenas algumas horas do seu casamento, a discreta Lady Jessica Sheffield testemunhou uma cena da qual nunca irá recuperar. Vê o jovem Alistair Caufield numa cena ferozmente íntima com uma mulher muito mais velha. Chocada, mas estranhamente excitada, ela manteve silêncio sobre o que viu, e caminhou até ao altar como esperado. Mas, ao longo de anos de um casamento sereno e normal, a imagem de Caulfield continuou na sua imaginação, alimentando sonhos muito ilícitos...
Alistair fugiu da tentação da debutante recatada com o fogo da paixão nos olhos para as Índias Ocidentais. Enquanto comerciante bem-sucedido, tem pouco em comum com o jovem libertino que ela conhecia. Mas quando, sete anos depois, a recém-viúva Jessica sobe a bordo do seu navio para uma viagem até à Jamaica, os sete anos de prazeres negados são mantidos em xeque apenas por algumas camadas de seda… e pela certeza de que renderem-se irá consumir os dois...

Sem comentários:

Enviar um comentário