Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 16 de junho de 2014

"No Coração da Tempestade" de Jesmyn Ward

Talvez por esta história ser narrada por Esch, uma menina de 14 anos, fiquemos tão rapidamente envolvidos nela.

Pertencendo a uma família um pouco disfuncional desde a morte da mãe (com um pai cada vez mais ausente devido à bebida que ingere), Esch e seus três irmãos preocupam-se com aspectos das suas vidas que têm a ver com o amor que sentem uns pelos outros, a necessidade de se alimentarem com os escassos recursos que possuem, a gravidez inesperada de Esch, a ninhada que a cadela Pit Bull teve, os amigos... Ao longe vão-se apercebendo que um furacão vai passar por ali, sobretudo porque o pai tenta arranjar forma de proteger a casa. O Katrina vem a caminho mas eles nunca tomaram consciência de quão grave poderia ser...

As suas disfuncionalidades como família, mas também o amor que os une, são apresentados ao longo desta obra. Por isso não se lê com ligeireza. A pobreza, a vários níveis, é realçada e doi. Doi ao ler. Embora a escrita seja fluída e fácil, o conteúdo é de uma dureza implícita que nos impressiona. Muitas partes da história ficam em aberto mas facilmente são previsíveis e o leitor pode antecipar o que fica por contar. Mesmo depois do final.

Recomendo!

Terminado em 12 de Junho de 2014

Estrelas: 5*-

Sinopse

Observando Esch, ninguém poderia adivinhar que um grande furacão, o Katrina, ameaçava seriamente a sua vida…
Ela tem apenas 14 anos e maravilha-se com tudo o que lhe acontece: descobrir o amor e ficar grávida, por exemplo, ao mesmo tempo que a cadela Pit Bull China tem uma ninhada de cães que traz uma grande alegria aos seus três irmãos: Júnior, o mais novo e curioso de todos, Skeetah, que admira aqueles cães como forças da natureza, e Randall, que espera obter com a venda da ninhada os meios para seguir uma carreira no basquetebol.
Os avisos de um furacão cada vez mais poderoso a formar-se ao largo do Golfo do México e em rota de colisão com a região pobre de Bois Sauvage, onde Esch vive, só lhe chegam como rumores vagos, principalmente do pai ausente e frequentemente bêbedo, em constante alvoroço entre alguns biscates e o recolher de materiais para fortificar a casa contra o cataclismo que se avizinha.
Pode esta família de crianças sem mãe, e de pai distante, continuar a viver os seus sonhos e fantasias no meio da pobreza e sob a ameaça de um desastre natural?
O amor que os une é praticamente o único recurso que possuem e a força da sua inocência terá de vencer a força do furacão.
Um romance magistral, que venceu em 2011 o National Book Award, o principal prémio literário dos Estados Unidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário