Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

"A Onda" de Sonali Deraniyagala

Mal vi este livro soube que tinha de mergulhar nele. Foi o escolhido para o primeiro de 2014, não porque tenha algo de menos positivo. Bem pelo contrário! É uma aposta na força do ser humano! Saber como é que se consegue viver após um desastre tão grande, de todo inimaginável para qualquer um, fez-me querer muito ler este relado da dor de Sonali.

Li num dia só. Estou sem palavras.

Sonali, seu marido, os dois filhos e seus pais foram literalmente engolidos por uma onda devida a um tsunami que atingiu o Sri Lanka, em Yala. Depois do Natal de 2004, mais propriamente dia 26, Sonali vê-se sem os seus familiares, completamente sozinha e em choque. Paralizada, não consegue nem quer reconhecer que o mais certo é tê-los perdido para sempre.

O seu relato é impressionante. A dor, a perda, a culpa, o medo de esquecer mas também de recordar os momentos em família. Como se vive, como se volta a equilibrar a vida? Com tantas perdas há alguma hierarquia para fazer o luto? Como se chora ao mesmo tempo tantas perdas?

Passados tantos anos, Sonali ousou recordar. Porque foi preciso muita coragem e um longo caminho. Eis o livro. Leiam! 

Terminado em 1 de Janeiro de 2014

Estrelas: 6*

Sinopse


Na manhã de 26 de dezembro de 2004, Sonali Deraniyagala perdeu duma só vez os pais, o marido e os dois filhos. O tsunami que nesse dia atingiu o sudoeste asiático levou-lhe a família mas ela, como por milagre, sobreviveu.

Neste livro corajoso, pungente e franco, a autora descreve os terríveis momentos que viveu e a sua longa jornada desde então. Num relato cativante e emocional, Sonali descreve como se debateu furiosamente, durante os primeiros meses após a tragédia, contra uma realidade que não conseguia enfrentar e simultaneamente não podia negar. Com uma escrita emocional e sincera, que torna este impressionante relato ainda mais poderoso, A Onda é uma memória biográfica extraordinária que se lê com comoção.

Um livro que irá captar a atenção dos leitores pela sua brutal honestidade e intensidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário