Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

"Anjos na Neve" de James Thompson


Edição/reimpressão:
Páginas:
248
Editor:
Porto Editora
ISBN:978-972-0-04336-8
Coleção:ALTA TENSÃO
Idioma:Português


Já me tinham dito que este livro prendia a atenção de quem o lesse e assim foi também comigo.

Com uma escrita simples, directa mas onde a acção se desenvolve a um ritmo vertiginoso, num curto espaço de tempo (pouco mais de uma semana) com mortes atrás de mortes e mistérios por desvendar, este livro conquistou-me deveras.

Está recheado de informação sobre a Finlândia, aspecto que muito me agradou, sobre o perfil psicológico dos seus habitantes, da influência do clima na forma de estar e de viver o dia-a-dia. A Finlândia, como sabem, situando-se a norte da Europa, muito perto do Ártico, possui um inverno muito rigoroso, que pode atingir temperaturas glaciais ( -10 a - 30 graus) e durando seis a sete meses. Dias cinzentos fazem pessoas cinzentas, digo eu!

O personagem principal não é, de todo, um super polícia - outro factor que me agradou também. Empenhado e envolvido nos crimes que se vão sucedendo mas errando nos seus palpites, dá o seu melhor mas não consegue evitar que isso influencie tanto a sua investigação como a sua vida familiar. De carácter fechado, fruto de aspectos negativos que marcaram a sua infância, é surpreendido por crimes brutais que o confundem e que o fazem reviver situações passadas. Duro por fora, doce por dentro!

Leitura rápida e intensa! Gostei muito! Um primeiro livro deste autor que adorei ler e que me surpreendeu positivamente!

Terminado em 29 de Novembro de 2013!

Estrelas: 5*

Sinopse

O inspetor Kari Vaara é o protagonista deste romance que nos leva ao submundo violento e obscuro da Finlândia, onde a noite polar, kaamos, é a época mais lúgubre do ano.
Quando uma bela imigrante somali aparece brutalmente mutilada num campo coberto de neve, com uma injúria racista gravada no ventre, Kari Vaara sabe que é crucial manter o crime em segredo, pois este seria um escândalo num país que convive mal com a sua xenofobia.
Por outro lado, as exigências da investigação começam a afetar o seu próprio casamento - Kate, a atual mulher, norte-americana, adapta-se mal à cultura e ao modo de vida finlandês. E o próprio Vaara vê-se inesperadamente confrontado com o passado: as suas suspeitas sobre o assassino da jovem somali recaem no homem por quem a sua primeira mulher o trocou...

Sem comentários:

Enviar um comentário