Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

domingo, 13 de outubro de 2013

Ao Domingo com... Catarina Seabra Lopes

Quando era pequena costumava ouvir as pessoas dizer que sonhar era permitido, depois cresci e não sei porquê toda a gente se começou a contraria e a insistir que não.

 Eu sou teimosa, muito, por isso continuei a sonhar e hoje tenho orgulho em dizer que tenho nas minhas mãos o maior e o melhor de todos os sonhos que um dia sonhei. 

Chamo-me Catarina Seabra Lopes, uso os nomes do meu pai porque gosto mais da forma como soa quando o digo em voz alta. Tenho 18 anos, feitos em Setembro do ano passado (2012) e se pudesse escolher não faria anos nunca mais. Moro em Lavadores, para quem não sabe é um lugar bem pertinho da praia. Consigo sentir o cheiro a mar quando abro a janela, por isso mudemos o “pertinho” para muito perto. Passo o meu tempo quase todo no Porto ou em frente a uma folha branca acompanhada de um lápis de carvão acabadinho de afiar. Sou estudante, mas para ser sincera não estudo assim tanto, já estudei mais e hoje faço outras coisas com o meu tempo, como escrever, apagar o que escrevo e escrever de novo. Sou sonhadora e livre, vivo mais no que escrevo do que no que vivo, mas não me importo. A vida é mais interessante num amontoado de letras bem arrumadinhas. Comecei a escrever o meu primeiro livro com 17 anos, quer dizer, quando comecei não imaginei que seria um livro, mas isso é outra história. A minha primeira obra chama-se “Um lugar chamado Evalon” e é sem dúvida o melhor que alguma vez existiu em mim. “Um lugar chamado Evalon” foi publicado em Julho de 2013 pela “CorposEditora” e conta a história de uma humana simples, que tem tudo de bom que existe em mim e tudo de bom que eu gostava que existisse. A personagem principal deste meu romance chama-se Ally e é uma rapariga comum, habituada a viver uma vida simples numa aldeia desinteressante, sem grandes surpresas ou aventuras, mas tudo
isso muda no dia em que ela descobre que é especial. Ally é uma credentis levada numa viagem surpreendente para o mais perfeito dos mundos, Evalon um lugar cheio de criaturas diferentes que só existe devido à crença desinteressada de alguns humanos. Neste mundo indescritível, Ally conhece um dos mais poderosos sentimentos do homem, o amor que é capaz de trespassar todas as barreiras impostas pela vida com que ela se depara. Para mais sobre a obra, inclusive locais de venda e informações que possam interessar convido todos a visitar o meu cantinho: https://www.facebook.com/UmLugarChamadoEvalonCatarinaSeabraLopes Escrever “Um lugar chamado Evalon” foi o meu maior desafio e ao mesmo tempo a minha maior paixão, vivi nas palavras que escrevi enquanto as escrevia, apaixonei-me pelas personagens que criei enquanto as criava, amei cada uma delas como se fossem parte do que sou e espero que todos os leitores que se animem a ler esta minha obra se apaixonem, se envolvam e se prendam da mesma maneira que eu me apaixonei, envolvi e prendi.Isto sou eu, a obra que um dia existiu em mim e tudo que as pessoas precisam de saber sobre quem sou, se faltar alguma coisa a vida completa, ouvi dizer que ela completa sempre.

Catarina Seabra Lopes

Sem comentários:

Enviar um comentário