Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

"Mildred Pierce" de James M. Cain

Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 368
Editor: Suma de Letras
ISBN: 9789896721640

Um livro que se lê rapidamente. Centrando-se maioritariamente numa personagem, este livro transporta-nos para a Califórnia de 1931 e anos seguintes. Mildred, vê-se a braços com duas filhas e depois de uma separação, começa a procurar trabalho, tentando com isso superar as dificuldades económicas em que se encontra.

O enredo gira à volta desta personagem. Muito bem construida, ela possui um leque muito grande de ambições e também de fraquezas. A sua motivação maior, o motor que a faz mexer, é uma das suas filhas e o bem estar dela. Mas, da mesma forma que isso a faz ascender economicamente, também é devido a esse amor sem medida que a sua queda se verifica... Essa relação, quase doentia, que trava com a sua filha mais velha surge, aos nossos olhos, primeiro lentamente, intensificando-se a meio do livro. O climax verifica-se nas últimas páginas e conseguimos prever o desfecho que esta história de amor tão intensa, mas que acaba por ser unilateral, terá.

Gostei desta leitura. Não vi o filme ou a série que foram produzidos mas fiquei curiosa...

Terminado em 31 de Agosto de 2013

Estrelas: 5*

Sinopse

Mildred Pierce foi abençoada com umas pernas de fazer perder a cabeça, jeito para a cozinha e uma personalidade que não é para brincadeiras. Tudo isso lhe foi útil quando teve de sobreviver ao divórcio e à pobreza e abrir o caminho de saída da baixa classe média. Mas Mildred tem também duas fraquezas: uma tendência para se apaixonar por homens indolentes e uma devoção irracional pela filha mimada e egoísta. Cain é um observador nato da natureza humana, das suas idiossincrasias, fraquezas e motivações. Mildred Pierce, o romance de 1941, é de uma força emocional devastadora e executa uma crítica social contundente. Mildred Pierce, a heroína, é uma personagem memorável, com cujas ambições e mágoas qualquer leitor poderá identificar-se.

2 comentários: