Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

"Segredos Submersos" de Hannah Richell

Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 416
Editor: Livraria Civilização Editora
ISBN: 9789722633819

Um livro que tive muito gosto em ler. Pegando num acidente que acabou na morte do membro mais novo de uma família, a autora explora com mestria sentimentos resultantes da perda, como a culpa e o remorso. Saber como continuar a viver a vida aproveitando aquilo que ela ainda tem para oferecer a quem perdeu alguém muito querido.

Para além disso, o livro mantém todo o nosso interesse quando dá saltos temporais de aproximadamente dez anos sem que nos percamos na história. O "antes" e o "depois" bem delineados e com segredos por desvendar, aumentam o suspense de uma forma significativa. A escrita da autora ajuda nesse aspecto já que é bastante atrativa e simples. Envolvemo-nos na história, sentimos a dor dos personagens, torcemos pelo seu futuro. Como se quer de um livro.

Terminado em 14 de Agosto de 2013

Estrelas: 5*

Sinopse

Os Tides são uma família com segredos sombrios. Marcados pelos acontecimentos de um dia trágico, há dez anos, cada um deles, à sua maneira, tenta seguir com a sua vida.
Dora, a filha mais nova, vive num armazém degradado no East End com o seu namorado artista, Dan. Está a conseguir levar uma vida calma - mas quando descobre que está grávida, a notícia deixa-a abalada e leva-a a recordar uma culpa de longa data. Ao voltar a Clifftops, a casa da família situada no alto da costa de Dorset, Dora tem de enfrentar o seu passado. Clifftops não mudou nos últimos anos e, ao percorrer as suas divisões e jardins, Dora ainda consegue sentir o eco daquele terrível dia de verão em que a vida dos Tides mudou para sempre. Quando Dora começa a procurar pistas dos acontecimentos daquele dia fatídico, dá-se conta de que o caminho para a redenção pode estar na sua irmã problemática, Cassie. Se Dora conseguir arrancar a Cassie os segredos que ela jurou levar consigo para o túmulo, talvez consiga a redenção. Mas será que segredos antigos podem realmente ser perdoados? E mesmo que se consiga perdoar e esquecer, como é que nos permitimos amar de novo?

1 comentário:

  1. Srª Dª Cris... a minha wishist já é enormeeeeeeee!
    Parece-me ser tão bom!!! Sombrio... Me gusta!
    Excelente opinião amiga !
    Beijoca
    Teresa Carvalho

    ResponderEliminar