Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 28 de maio de 2013

A Convidada Escolhe... " Um Amor Perdido"


Mais uma vez ultrapassei os livros que estavam na calha para ser lidos, mas valeu a pena! Olhei para o livro numa livraria, li duas linhas da sinopse e estava a comprá-lo.

E em boa hora o fiz. O tema é “pesado” mas magistralmente contado, na minha modesta opinião.

Mais um livro centrado na Segunda Grande Guerra, nos campos de concentração, sendo os protagonistas judeus que viviam em Praga.

O começo do livro surpreende porque é o fim da história (não será correto chamar história a este romance, uma vez que a autora agradece a todos os que a ajudaram com os casos verídicos por eles vividos)!

A surpresa do inicio do livro, o desfecho de todo o enredo, em nada diminui o prazer de ler os capítulos seguintes. A autora prende-nos de tal modo com os relatos que escreve, com a interação das pessoas, o modo de exprimirem a sua revolta e a força que está dentro de cada um dos sobreviventes desta época, tão trágica e que não deixa de nos envergonhar ter sido possível acontecer.

A leitura é absorvente e é daqueles livros que não queremos fechar enquanto não tivermos lido a última frase.

Não é mais um livro sobre as torturas nos campos de concentração.... é um relato que nos leva até lá, não de forma passiva, porque conta o melhor que existe no ser humano, o amor à família e aos amigos que neste caso estão vivendo o mesmo infortúnio. E também nos mostra como podemos guardar na memória tantas coisas, pensamentos e sentimentos, que nunca esquecemos, e que enriquecem o nosso existir e nos ajudam a ultrapassar o impensável.

E só quero acrescentar que gostei muito, mesmo muito, deste belo livro.

Ana Bento

Sem comentários:

Enviar um comentário