Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Uma deusa para o rei de Mari Pau Domínguez


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 392
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722348928

Gostei desta leitura! Muito! 

Primeiro, porque somos catapultados para o Séc. XVI com os seus costumes e as suas maneiras de pensar que não poderiam ser mais diferentes das nossas... Mentalidades e formas de viver de uma época que eu só gosto de visitar através de um livro. Nem em sonhos me queria ver na pele daquelas mulheres que nada têm de seu, que não podem fazer a sua escolha e não possuíam livre-arbítrio... O facto de não serem donas de si próprias leva-me a ler estes romances históricos com uma mescla de sentimentos contraditórios: incredulidade, surpresa mas vontade de saber mais e mais sobre elas.

Segundo, porque a escrita de Mari Pau é muito envolvente e consegue de uma forma fascinante colocar-nos tanto na pele Isabel de Osório, a eterna amante de Filipe II, como na pele deste rei de sentimentos fortes e atitudes contraditórias, já que tanto a amava até à loucura como a fazia sofrer atrozmente, como, por exemplo, quando lhe tirou o filho sem qualquer explicação. Conseguiu, também, de uma forma inédita para mim, fazer-me sentir que também os homens, nessa época, não podiam escolher livremente entre o amor e o dever para com o país e a política, como foi o caso de Filipe II. Se bem que a posição da mulher nunca se pudesse comparar com a do homem, tal a inferioridade de estatuto que lhe atribuíam. E se estivermos a comparar uma simples aia da corte com o príncipe e futuro rei, então nem se fala... 

A forma como a escritora se pôs a adivinhar os diálogos, os sentimentos destes dois personagens e também daqueles que os circundavam foi para mim uma fonte de prazer. Saborear aspectos verídicos e, ao mesmo tempo, apreciar a imaginação desta autora deu-me momentos de leitura maravilhosos! Gostei particularmente das últimas páginas onde Mari Pau partilha connosco aspectos da sua pesquisa histórica, exigente e exaustiva.

Aconselho vivamente! Uma boa aposta da Presença.

Terminado em 11 de Outubro de 2012

Estrelas: 6*

Sinopse


Salamanca, 1543. Com apenas 16 anos, o futuro rei Filipe II de Espanha antecipa inquieto o momento que mudará a sua vida: o casamento com a prima Maria Manuela de Portugal. Os interesses estratégicos de Espanha impõem que o príncipe cumpra o seu dever, mas o jovem impulsivo não consegue renunciar à relação que mantém com Isabel de Osorio, dama de companhia da sua irmã. Durante mais de quinze anos, esta paixão intensa incendiará os corações dos dois amantes - sem no entanto nunca se conseguir sobrepor aos desígnios de uma nação...


Sem comentários:

Enviar um comentário