Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

domingo, 7 de outubro de 2012

Ao Domingo com... Fábio Ventura


"Ora bem, falar de mim em algumas palavras…O meu nome é Fábio Ventura e sou um algarvio de 26 anos nascido e criado em Portimão, terra maravilhosa de Sol e praia.
Confesso que em criança, e apesar de ser bom aluno, não era muito dado a leituras. Só descobri o amor pelos livros quando, aos 14 anos, peguei no primeiro volume do Harry Potter, de J.K. Rowling. Fiquei completamente fascinado com o poder que aquela história e personagens tinham sobre mim. Desde aí que nunca mais parei de ler. Saltei para outros autores, géneros e estilos e os livros passaram a ser uma parte fundamental da minha vida.

O gosto pela escrita veio um pouco mais tarde, já no início da minha licenciatura. Licenciei-me em Ciências da Comunicação, um curso que explora bastante a nossa criatividade e as capacidades de escrita. Foi aí que descobri o meu gosto pela escrita e pela criação de histórias. Prova disso foi a minha decisão de começar a escrever um livro, neste caso, do género fantástico e dirigido a um público jovem-adulto. Foi a primeira versão do “Orbias-As Guerreiras da Deusa”. Consegui superar o desafio, mas ainda faltava o mais difícil: conseguir publicá-lo.

Depois de terminar a minha licenciatura, em 2008, voltei a pegar no livro e resolvi reescrevê-lo com o objectivo de melhorá-lo. Quanto terminei, enviei para uma série de editoras e tive a sorte de ter a Casa das Letras (Grupo LeYa) a apostar em mim. Um ano depois, publiquei a sequela do primeiro Orbias, o “Orbias-O Demónio Branco”.

Os livros seguem a história de Noemi, uma jovem terrestre com uma vida pacata que é confrontada com a existência de um mundo paralelo ao nosso: o mundo de Orbias. Esse mundo tem a particularidade de ter magia como fonte de economia e de energia não renovável. Ao conhecer esse mundo e algumas personagens que dele fazem parte, a Noemi descobre também as conspirações entre os dois mundos e uma lenda milenar que a envolve a ela e que explica a razão para os seus poderes. Há quem tenha entendido que o enfoque da história está no mundo de Orbias e na sua mitologia, mas na verdade foi construído a pensar na personagem principal, no seu crescimento e evolução, de como ela lida com todos os acontecimentos e se relaciona com as outras personagens.

Há cerca de um ano escrevi o meu terceiro livro, algo novo e bastante diferente dos Orbias. Basicamente, fala da viagem de um homem, acusado injustamente de um homicídio, com a Morte. Quis abandonar a imagem negra e sombria da Morte e criei uma personagem muito excêntrica que vai mexer um pouco com a mentalidade dos leitores (ou assim o espero). Neste momento, estou a fazer uma nova revisão enquanto aguardo por uma data de lançamento por parte da editora.

A minha relação com os livros acabou por evoluir de certa forma, uma vez que actualmente estou a trabalhar como livreiro. Tem sido fabuloso estar do lado de lá e entender como funciona o mercado editorial, mas também a relação dos leitores com os livros na altura da compra.

O que esperar do futuro para mim? Espero poder continuar a trabalhar com livros, mas também poder continuar a criar histórias e personagens que consigam tocar os meus leitores."

Fábio Ventura

Sem comentários:

Enviar um comentário