Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

A arca de Victoria Hislop


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 416
Editor: Livraria Civilização Editora
ISBN: 9789722635264

É sempre um prazer antecipado saber que vou ler um livro de Victoria Hislop. Já li O regresso e A ilha e adorei os dois. Este não foi excepção à regra e saboreei bem as descrições pormenorizadas e brilhantes, mas nada cansativas, de toda uma época.

Acompanhamos o destino de alguns personagens, descritos de tal forma que os cremos reais. O facto desta autora saber mesclar acontecimentos verídicos com a caracterização desses personagens conferiu-lhes uma veracidade que me surpreendeu. Assim, ao serem-nos apresentadas as personagens vamos tomando conhecimento de factos verdadeiros que fizeram a História de Tessalónica, a segunda maior cidade da Grécia, a saber: a destruição quase total da cidade em 1917; a harmonia existente entre os habitantes Judeus, Cristãos e Muçulmanos; o período de ocupação da cidade pelos nazis e o extermínio dos judeus gregos, etc.

Durante quase um século viajamos por estes personagens fabulosos que, independentemente de credos e religiões, sabem tão bem preservar amizades. Katerina e Dimitri encontram-se no cerne da acção e romance mas os restantes personagens marcam-nos também pela profundidade de sentimentos que possuem e que se traduzem muitas vezes em actos heróicos e verdadeiramente humanos.

Um objecto - a arca - é guardado durante décadas. Lá dentro encontra-se, mais do que grandes tesouros materiais, o que restou de uma amizade verdadeira e que foi interrompida por causas externas, por guerras e extermínios. A esperança de, um dia, poder entregar a arca aos seus donos, move e marca a vida dos personagens centrais. É também um hino à amizade e ao amor.

Vamos gostando cada vez mais desta leitura conforme viramos as suas páginas e nos embrenhamos na história. Vamo-nos apaixonando pelos locais, pelos personagens e vamos imaginando e visualizando todos os cenários. E vivemos uma história na História de uma cidade grega, que bem poderia ter sido real. 

Gostei muito e recomendo a sua leitura, bem como os outros livros desta autora que tão bem sabe envolver-nos nos seus romances! 

Terminado em 9 de Setembro de 2012

Estrelas: 5*

Sinopse

Tessalonica, 1917. No dia em que Dimitri Komninos nasce, um incêndio devastador varre a próspera cidade grega, onde cristãos, judeus e muçulmanos vivem lado a lado. Cinco anos mais tarde, a casa de Katerina Sarafoglou na Ásia Menor é destruída pelo exército turco. No meio do caos, Katerina perde a mãe e embarca para um destino desconhecido na Grécia. Não tarda muito para que a sua vida se entrelace com a de Dimitri e com a história da própria cidade, enquanto guerras, medos e perseguições começam a dividir o seu povo. Tessalonica, 2007. Um jovem anglo-grego ouve a história de vida dos seus avós e, pela primeira vez, apercebe-se de que tem uma decisão a tomar. Durante muitas décadas, os seus avós foram os guardiões das memórias e dos tesouros das pessoas que foram forçadas a abandonar a cidade. Será que está na altura de ele assumir esse papel e fazer daquela cidade a sua casa?


5 comentários:

  1. Acabei de ler este livro há menos de oito dias. Fabuloso. Aconselho.
    Da mesma autora já tinha lido "A Ilha" há uns anos. Gosto muito.

    ResponderEliminar
  2. Isabel não deves perder "O regresso". Como dizes e bem: fabuloso! bjs

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada, vou ver se o compro hoje à hora de almoço.
    Começa-se a ler e não apetece parar.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Li os tres livros ( a Ilha, o Regresso e a Arca )fabulosos de Victoria Hislop. Gostei de todos eles, mas O Regresso é um livro unico, que aconselho vivamente.

    ResponderEliminar