Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

A culpa é das estrelas de John Green


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 256
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892320946

Queria desesperadamente que este romance não tivesse terminado! Tal como Hazel, a personagem principal desta história, anda à procura de um fim para o livro preferido dela, que acaba inexplicavelmente e abruptamente, também eu gostava muito que John Green tivesse continuado, por mais umas páginas apenas, este livro. Mas para ser bom, muito bom aliás, tinha de acabar como acabou. Tal e qual!

Mas os livros acabam quando menos se espera e às vezes a vida também... E é precisamente da VIDA que esta obra nos fala e de tudo o que com ela está associado: ao amor e à amizade, à doença e à saúde, à própria vida e à morte.

Intenso, apaixonante, este livro arrebata os nossos sentidos. Consegue-nos colocar tanto no interior da personagem principal como também na pele dos outros personagens, identificando e mesclando os nossos sentimentos com os deles.

Fala-nos do sofrimento e da perda de alguém que amamos, da morte, mas sobretudo, do Amor. Do amor altruísta entre pais e filhos, do amor forte entre casais, do amor sincero e generoso entre dois jovens.

Leitura obrigatória! 

Terminado em 29 de Agosto de 2012

Estrelas: 5*+ 

Sinopse

Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente rescrita.

PERSPICAZ, ARROJADO, IRREVERENTE E CRU, A Culpa é das Estrelas é a obra mais ambiciosa e comovente que o premiado autor John Green nos apresentou até hoje, explorando de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado.

1 comentário:

  1. Olá,
    Já tenho lido comentários a esse livro noutros blogue e também quero ler. Quando estiver disponível vou comprar :)

    ResponderEliminar