Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Quem sofre são as crianças de Donna Leon


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 280
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896572914

Pensei que já tinha lido algum livro desta autora mas não encontrei nenhum comentário meu aqui no blogue.
Policial diferente, onde não se procura um assassino mas onde o mistério e o suspense está sempre presente.

O tema é polémico. Adopção ilegal de bebés ou pode.se falar em "venda" de crianças. Questões surgem que nos fazem pensar. Onde estarão melhor: com pais adoptivos que as amem ou com famílias que não as querem/orfanatos?

O enredo surge-nos apimentado com mistérios que se vão esclarecendo aos poucos e termina com um final surpreendente, quase abrupto, inesperado. Somos levados a desculpabilizar quem acaba por "comprar" um bebé já que o seu amor pela criança faz-nos esquecer esse pormenor...


E remete-nos para outra questão: e se quem adopta, legal ou ilegalmente, se arrepende da sua decisão? Para onde irão essas crianças devolvidas? E quem sofre nos casos em que ao fim de algum tempo ou anos se retiram as crianças e as devolvem aos pais/orfanatos? Não serão as crianças?


Gostei e recomendo.

Terminado em 25 de Julho de 2012

Estrelas: 4*

Sinopse


A tranquilidade da noite veneziana é perturbada quando um bando de homens armados força a entrada no apartamento do Doutor Gustavo Pedrolli, fraturando-lhe o crânio e levando o bebé de dezoito meses.

Quando o Comissário Guido Brumerri, arrancado da cama pela notícia, chega ao hospital para investigar, ninguém sabe o porquê de tão violenta agressão ao eminente pediatra.

Mas Brunetti em breve começa a descortinar uma história de infertilidade e desespero, e um submundo onde os bebés podem ser comprados com dinheiro, entre um esquema fraudulento com farmácias e médicos da cidade. O conhecimento pode ser tão destrutivo como a ganância, certas informações acerca de um vizinho podem levar a todos os tipos de corrupção e diversas formas de dor.





Sem comentários:

Enviar um comentário