Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

domingo, 8 de julho de 2012

Ao Domingo com... Pedro Miguel Rocha


"Olá, a todos os seguidores do blogue “O tempo entre os meus livros”!
Chamo-me Pedro Miguel Rocha, nasci em 1973, na vila de Vouzela, distrito de Viseu e resido, atualmente, no Porto.

Para além de ser professor do ensino básico e secundário, abracei a vertente de escritor em 2009, ano no qual publiquei o meu primeiro livro: Juntos Temos Poder. Esta obra, prefaciada pelo Dr. Fernando Nobre, fundador da AMI, conta-nos a história de um médico português, de 57 anos, que, depois de perder a sua esposa, vítima de cancro, resolve mudar toda a sua vida, partindo para África, ao serviço de uma Organização de Assistência Médica e de Ajuda Humanitária. Será em Moçambique, em pleno Campo de Refugiados, que o médico luso irá descobrir um novo sentido para a sua vida.
Em 2010, novamente através das Edições Ecopy, lancei a minha segunda obra: Chegámos a Fisterra. Trata-se de um thriller, no qual podemos acompanhar a luta de um jovem bibliotecário inglês para resgatar do esquecimento uma polémica obra, escrita por um autor galego, de Vigo, que havia sido censurada na década de noventa. Chris Brown, ao querer dar a conhecer o livro que tinha encontrado no depósito da biblioteca pública de Old Harlow, vê-se confrontado, perigosamente, com o poder político e económico, que havia esmagado o difundir da inconveniente mensagem guardada nas páginas do referido livro.
Decorria o mês de Abril de 2011, quando publiquei a minha terceira obra – vencedora do Prémio Literário Maria Ondina Braga 2011 – à qual atribuí o título: O Eremita Galego.
Esta novela partilha com os leitores as vicissitudes da vida de Jorge Barros, um professor universitário do Porto, que, depois de alguns conflitos pessoais e profissionais que devastam a sua existência, resolve partir para a Galiza e isolar-se, por completo, abdicando da convivência em sociedade. Viverá, a partir daí, sozinho, num abandonado casebre junto ao mar, procurando, com a companhia do silêncio, sarar todas as feridas da sua alma.
A escrita continua a ocupar uma parte importante no conjunto das minhas motivações pessoais. Nesse sentido, preparo, para breve, uma reedição do Juntos Temos Poder e a publicação daquele que será o meu quarto livro: Contos Peregrinos.
Um forte abraço fraterno para todos, com votos de boas leituras!
www.pedromiguelrocha.com"


Pedro Miguel Rocha

Sem comentários:

Enviar um comentário