Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 29 de junho de 2012

O primeiro alquimista de Sofia Martinez



Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 224
Editor: A Esfera dos Livros
ISBN: 9789896263935



Li com verdadeiro prazer este livro. Romance de época - de uma época sobre a qual pouco sabia - despertou a minha atenção quando me apercebi que, junto com a envolvência do romance em si, estava a par de muitos factos verdadeiros sobre a Idade do Bronze em Portugal (c. 1750-1250 a.C.). Ler é aprender e já tenho deixado aqui a minha opinião favorável quando tal acontece nas minhas leituras.


E gostei, sobretudo, porque ao tomarmos conhecimento da história, do romance, vamos-nos apercebendo que muitos dos pormenores narrados - como se vivia na altura - soam a verdadeiro. Isso comprovamos realmente no final do livro. Essas informações verídicas são-nos fornecidas pela autora de uma forma hábil e subtil, sem excessivas descrições que poderiam maçar o leitor.


A história é simples. Poderia ser verídica. Os factos históricos tornam-na credível. 


Leitura útil, também, para os mais jovens. Um livro que poderia estar perfeitamente integrado no PNL.


Terminado em 24 de Junho de 2012

Estrelas: 4*+

Sinopse
Quando a jovem Breia recupera a consciência depara-se com Bran, o grande mestre fundidor da aldeia da Fraga, e Tor, o seu corajoso aprendiz. Estes calcorreavam o vale em busca do precioso minério, para forjar machados de bronze. Breia assusta-se ante os dois estranhos. Sentia ainda o cansaço e o medo de ter sido perseguida durante dias por dois homens que a ameaçavam com os seus machados. Sentia as dores no corpo de ter caído naquele abismo, de onde nunca imaginara poder sair. Mas, ao cruzar os seus olhos com os de Tor, Breia vê nele o seu porto de abrigo, o seu salvador. O mestre fundidor decide adotar a jovem, que se recusa a dizer o seu nome e a revelar as suas origens, e leva-a para a sua pequena aldeia. Decide chamar-lhe Nan-tai e é com este novo nome que a jovem se adapta à sua nova vida. No entanto, tudo se complica quando o povo do Norte vem à aldeia da Fraga para entregar Raina, a noiva de Binan, o filho do chefe da aldeia. O segredo de Breia seria finalmente descoberto.

Sem comentários:

Enviar um comentário