Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 5 de junho de 2012

A convidada escolhe... A linguagem secreta das flores


Por coincidência duas convidadas enviaram-me as suas opiniões acerca do mesmo livro num curto espaço de tempo. Isto quer dizer alguma coisa acerca deste livro, não acham? (Cris)

"Gosto muito de flores, plantas, jardinagem… terá sido esse meu gosto que me atraiu para este livro. Engraçado o pormenor de podermos escolher, entre 3 versões, a capa do livro que mais gostamos!

E, passando ao conteúdo, aqui vai a minha opinião. O enredo não se restringe ao mundo das flores e plantas, é muito mais, desenvolve-se em torno das dificuldades, tristezas e também
alegrias das crianças e jovens “institucionalizadas”. Nunca gostei desta palavra tão fria! Mas este romance, recheado de pequenos e grandes dramas, ensinou-me mais sobre essa realidade...

Os capítulos contam-nos, de forma alternada, a história de uma rapariga que passou pela situação anteriormente referida, relacionando a sua vida actual, de adulta, com os episódios marcantes da sua infância e como, no fundo, foi o mundo das flores e dos seus significados (mensagens) que a conduziram.

A história da vida de Victoria é dura, mas teve quem a amasse verdadeiramente. Umas, sem saberem como o fazer foram-no descobrindo, outras fizeram-no de modo subtil, mas com todas, ela foi aprendendo a conhecer, mais e mais, as flores e as mensagens escondidas em cada uma delas, estabelecendo com esses conhecimentos os laços que iriam perdurar!!!

Diria que este romance é também interessante pelo modo como termina. Não é linear adivinhar o desfecho, porque ele é alcançado gradualmente, tal como na vida real (!), é feito de pequenos passos que, vão sendo consolidados pouco a pouco. Não se passa do preto ao branco num flash, é pouco a pouco que se alcança o futuro, que queremos diferente do mau passado….e foi assim que a autora nos revelou o final feliz!

Parece que me esqueci de falar da importância das flores… mas elas estão em todos os passos deste romance, em todas as fases da vida de Victoria, e somos levados a partilhar com ela todas essas mensagens, escondidas em cada espécie, que a ajudaram a crescer como mulher.

Só posso terminar dizendo: leiam! Pode ser que venham a gostar tanto do livro como eu gostei."

Ana Bento

Sem comentários:

Enviar um comentário