Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 8 de maio de 2012

A convidada escolhe... Sebastião da Gama

A Mafalda é uma nova convidada aqui d'O tempo entre os meus livros. Como podem ver vai ser uma lufada de ar fresco! Espero que apreciem as suas opiniões e saboreiem bem as suas sugestões. (Cris)

"Tinha 14 anos quando me falaram pela primeira vez em Sebastião da Gama numa aula de Português e complementei os ensinamentos numa excursão em que visitei Vila Nogueira de Azeitão e a Arrábida.

Guardei lembranças da viúva no escritório onde eu esperava vê-lo entrar a qualquer instante, a campa muito simples e amorosamente cuidada e o Convento como sítio de recolhimento e comunhão, adornado duma paisagem lindíssima num soberbo casamento de verde e azul. Nesse dia foram deitadas as primeiras sementes.

Anos mais tarde, com 23, comprei e li o "Diário" com muitos sublinhados e anotações. Foi então que por razões profissionais vivi um ano determinante na minha formação como ser humano. Colocada numa escola de Setúbal, a Secundária da Bela Vista, era este livrinho que diariamente colocava na pasta e me deu inesquecíveis pistas na minha conduta.

Numa dada parte do trajecto acompanhava a serra sem nunca me cansar da sua beleza, lendo deliciada as suas páginas de  poesia (estou a falar do "Serra Mãe") na glorificação da Arrábida. Acabei por comprar toda a obra deste ser humano magnifico e que foi injustamente arrancado à Vida!

Dou comigo por vezes a interrogar-me qual seria a filosofia de Sebastião da Gama no estado em que vive o ensino actual, na ausência de certos valores e não consigo chegar a respostas concludentes."

Ana Mafalda Salvado

1 comentário:

  1. Bem vinda Mafalda Salvado.
    Nunca li Sebastião da Gama. Muito interessante:)
    Beijinho

    ResponderEliminar